Acesso à informação - Brasil Acesso à informação Portal Brasil

HOME » Histria


Histria


Um pouco de nossa história

 

A Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio de Janeiro foi criada pelo príncipe regente D. João, por Carta Régia, assinada em 5 de novembro de 1808, com o nome de Escola de Anatomia, Medicina e Cirurgia e instalada no Hospital Militar do Morro do Castelo. Até então a filosofia colonial dificultava o ensino superior no Brasil, por considerá-lo ameaça aos interesses da corte.

 

Os médicos na colonia restringiam-se a uns poucos brasileiros graduados na Europa e a raros europeus que aqui vinham exercer a sua profissão.

 

Em 1º de abril de 1813, por projeto de Manuel Luís Alvares de Carvalho, foi fundada a Academia Médico-Cirúrgica no Rio de Janeiro. Mesmo após criada a Academia, apenas em 29 de setembro de 1826, por Decreto-Lei de Dom Pedro I, foi autorizada a emissão de diplomas e certificados para os médicos que faziam o curso no Brasil.

 

Em 3 de outubro de 1832, durante a Regência Trina, foi sancionada a Lei que transformava as Academias Médico-Cirúrgicas do Rio de Janeiro e Salvador em Escolas ou Faculdades de Medicina.

 

Dom Pedro I passa as mãos do diretor da Faculdade de Medicina, Dr. Vicente Navarro de Andrade (Barão de Inhomirim) o Decreto-Lei que autorizava as escolas brasileiras a formar cirurgiões e médicos, assim como a expedirem diplomas e certificados.

 

 

 

 

 

 

 

Em 1856, a Faculdade de Medicina foi transferida para o prédio do Recolhimento das Órfãs, na Rua Santa Luzia, ao lado da Santa Casa de Misericórdia.

 

Em 12 de outubro de 1918, foi inaugurado o seu prédio próprio, na Praia Vermelha. Depois da mudança, o prédio do Recolhimento das Órfãs, que a abrigou por quase um século, passou a chamar-se Instituto Anatômico, onde algumas disciplinas do curso médico funcionaram até a década de 60.

 

A Faculdade de Medicina funcionou como escola isolada até 7 de setembro de 1920, quando foi criada, por Decreto, a Universidade do Rio de Janeiro. Em 1937, com a criação da Universidade do Brasil, passa a se chamar Faculdade Nacional de Medicina.

 

Em 1965, a Universidade do Brasil passou a ser denominada Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e, em 1973, foi determinada a transferência da Faculdade de Medicina, ainda localizada na Praia Vermelha, para o Campus da Cidade Universitária, na Ilha do Fundão, onde se encontra atualmente.

 

A Faculdade de Medicina, por força da Lei da Reforma Universitária, dividiu-se em várias localizações. O gabinete da direção está localizado no Bloco K do Edifício do Centro de Ciência da Saúde (CCS), na Cidade Universitária.

 

Em 1975 o prédio da Faculdade Nacional de Medicina, inaugurado em 1918, foi demolido por força do arbítrio do Regime Militar (Governo Médici).

 

Em 1º de março de 1978, foi inaugurado o Hospital Universitário Clementino Fraga Filho (HUCFF), local para onde foram transferidas a maioria das disciplinas Clínicas e Cirúrgicas ligadas à Faculdade. Algumas ainda permanecem divididas entre o HUCFF e suas sedes de origem, como o Instituto de Pediatria e Puericultura Martagão Gesteira (IPPMG), o Instituto de Neurologia Deolindo Couto (INDC), o Instituto de Psiquiatria (IPUB), a Maternidade Escola, o Instituto de Ginecologia e o Instituto de Tisiologia e Pneumologia - atual Instituto de Doenças do Tórax (IDT).

 

 

 

 


Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio Janeiro
Av. Carlos Chagas Filho, 373, Edifício do Centro de Ciências da Saúde
Bloco K, 2 andar, Sala 49 - Cidade Universitária - Ilha do Fundão
Rio de Janeiro - Brasil - CEP: 21.941-902
Tel.: +55 21 3938-6708 / +55 21 2280-7793